Final de ano chegando e a maioria das pessoas já começa a pensar nas mudanças que querem colocar em prática para 2019. Planejar o que se deseja é uma boa forma de começar a tornar realidade aqueles objetivos e metas mais difíceis de se cumprir. Da mesma forma que aplicamos isso na vida pessoal, esse planejamento pode ser utilizado na administração de um condomínio.

O diretor da LCD Condomínios, Marcelo Décimo, dá 10 dicas importantes para os síndicos que podem tornar o próximo ano mais produtivo e rentável para o empreendimento. Confira:

1. Conheça, entenda e estude as atribuições!

Se você é síndico, é essencial que conheça, entenda e estude as atribuições que este cargo acarreta. Isso fará com que você desempenhe de maneira adequada as suas tarefas. O Art. 1.348 do Código Civil tem as informações necessárias sobre a profissão.

Além disso, é importante que o síndico conheça a Convenção Condominial para desempenhar as funções de acordo com as regras do próprio condomínio.

2. Se atualize sobre a legislação

Muito mais do que as atividades que precisa desempenhar no dia a dia para administrar um condomínio, um bom síndico deve estar atualizado sobre a legislação. Saber sobre as leis que tratam de obras, corte de árvores, entre outros temas relevantes, evitará multas para o empreendimento.

3. Investir na segurança dos moradores

Tema que não perde a importância nunca, a segurança está entre os itens mais importantes no planejamento anual de um condomínio. Adquirir sistemas de monitoramento ou fazer a manutenção dos já existentes não é gasto, e sim investimento.

Criar procedimentos e normas para recebimento de encomendas, pedidos de delivery, entrada de visitantes e abertura e fechamento de portões eletrônicos, também são muito válidos.

4. Evitar o desperdício de água

Além da questão financeira, estar atento a gasto excessivo com água tem ligação direta com a preservação do meio-ambiente e a economia deste recurso natural. De forma racional, é importante propor debates sobre o tema e promover ações para o uso consciente deste bem tão precioso. Uma ideia é promover campanhas de conscientização para os moradores.

5. Valorizar o condomínio

Quanto mais bem conservado o condomínio estiver, mais valorizado ele será! Para que isso aconteça, as manutenções da fachada, pinturas e conservação da estrutura devem estar em dia. Essa valorização pode trazer benefícios a todos os moradores, facilitando vendas e locações, por exemplo.

6. Revisar, periodicamente, da cisterna ao telhado

Na mesma linha da fachada, é preciso revisar periodicamente todas as áreas do condomínio. Manutenções em dia representam redução de riscos e preservação do caixa, sem utilização de verba para despesas emergenciais e inesperadas.

7. Invista em acessibilidade

Acessibilidade deixou de ser um luxo nos condomínios. Hoje, é extremamente necessário que um empreendimento esteja preparado ou, se preparando para criar acessibilidade para todos os moradores.

O prédio precisa estar adaptado para as necessidades de condôminos cadeirantes, portadores de necessidades especiais, idosos ou, até mesmo, alguém que tenha sofrido um acidente e esteja de muletas. Empatia é fundamental!

8. Não esqueça da sustentabilidade

Se tem algo que merece muita atenção é a sustentabilidade! Um condomínio pode adotar atitudes sustentáveis que vão fazer toda diferença no dia a dia. Reciclagem de lixo, reciclagem de óleo de cozinha e coleta de tampas plásticas são apenas alguns exemplos de ações fáceis de fazer e que possuem grande impacto na natureza.

9. Gere renda extra para o condomínio

Atualmente, muitos condomínios alugam o topo dos prédios para a instalação de antenas de empresas de telefonia. Esta é uma forma de gerar uma renda extra para o empreendimento, que pode ser utilizada para financiar diversas melhorias.

10. Atualizar o Regimento Interno

Sempre que possível, uma vez por ano, faça uma assembleia para discutir as regras do condomínio e, quando necessário, mudar ou criar novas normas. Manter o regimento interno sempre atualizado evita conflitos e torna o diálogo entre os moradores mais fácil.

Marcelo Décimo destaca que, para as 10 dicas citadas acima, a LCD Condomínios oferece suporte aos seus clientes. “A empresa disponibiliza para os condomínios que administra, equipes de profissionais qualificados para auxiliar com informações ou contratações para a execução dos temas abordados. Isso é um dos nossos diferenciais”, finaliza o executivo.

Marcelo Décimo

Diretor da LCD Condomínios