Estar em conformidade com as normas técnicas de segurança, bem como com a utilização correta dos Equipamentos de Proteção Individual – EPIs pelos funcionários, é fundamental para um condomínio!

Por lei, é de responsabilidade do empreendimento fornecer aos empregados, gratuitamente, todos os equipamentos que eles necessitarem para executar as atividades, sejam elas de maior ou menos risco à saúde e a segurança. “Isso vai desde luvas para o recolhimento do lixo até a roupa e acessórios corretos para entrar em contato com produtos químicos”, explica o diretor da LCD Condomínios, Marcelo Décimo.

O executivo alerta, ainda, que, mesmo que o condomínio contrate uma empresa terceirizada para realizar a atividade, é essencial que o síndico esteja atento e fiscalize se os colaboradores da mesma estão com EPIs funcionando e em perfeito estado de conservação. “Isso evita possíveis multas pelo não cumprimento da lei de segurança do trabalho, o que oneraria o empreendimento”, afirma ele.

Décimo reforça a importância do síndico, seja ele Profissional ou Morador, estar atualizado sobre as normatizações necessárias e as leis e suas possíveis mudanças, além de ter conhecimentos relacionados a administração, contabilidade, gestão, manutenções, entre outros setores. “Nem sempre o profissional consegue estar atualizado sobre todos estes assuntos e as mudanças que ocorrem na lei”, analisa ele, e completa: “Nestes casos, é bom poder contar com uma administradora de condomínios, pois possuem profissionais capacitados para auxiliar nas mais diversas situações”.

O diretor também dá uma dica importante para os responsáveis pelos Equipamentos de Proteção Individual – EPIs: fazer manutenção periódica, principalmente no material que não for descartável e necessite de cuidados na conservação. “Todos os equipamentos possuem data de validade e vida útil, de acordo com o uso. É importante estar atento a isso, para não acontecer nenhum acidente quando alguém estiver usando o equipamento”.

Marcelo Décimo

Diretor da LCD Condomínio