Tag: Segurança



Condomínio na Pandemia: Segurança e Bem-estar Andando Juntos

8 de julho de 2021 Administração de Condomínios, Condomínios, Coronavírus, Covid-19, fique em casa, Gestão de Condomínios, Home office, Segurança

A pandemia trouxe para os Condomínios diversas medidas de segurança que precisaram ser efetivadas em pouco tempo. Agora, há mais de um ano inseridos neste contexto, algumas prioridades continuam as mesmas para mantermos todos protegidos, e aperfeiçoamos outros detalhes para o conforto e praticidade dos nossos Síndicos e Condôminos. Nesse texto queremos contextualizar você sobre estas adaptações que a LCD efetivou, e outras que reparamos que os Condomínios tem feito nesse sentido, assim como as dúvidas mais frequentes sobre o assunto. Vem com a gente conferir todo esse conteúdo super útil! 

Cuidados na Áreas Comuns:

Começamos pelas áreas compartilhadas! É nelas onde pode se iniciar um contágio em massa, tanto de moradores quanto de funcionários. Por isso, é de extrema importância que todos usem máscaras ao transitar nestes ambientes, assim como garantir que a equipe de limpeza tenha os recursos necessários para fazer a desinfecção de superfícies. Como botões de elevadores, corrimões, portas, maçanetas e todos os itens comuns ao toque e que podem estar contaminados. 

No Rio Grande do Sul, a permissão para utilizar os ambientes de salão de festa, academia, brinquedoteca, pracinha e piscina fica a critério do Município. Dependendo de onde a cidade está classificada dentro dos riscos de contaminação estabelecidos pelo estado. Como essas mudanças têm sido frequentes, a LCD comunica aos Síndicos todas as vezes que as áreas comuns devem ser abertas ou fechadas, e o Síndico, portanto, fica responsável de repassar a autorização aos funcionários e Condôminos.

Assembleias Virtuais:

Para trazer ainda mais segurança aos nossos Condôminos, logo no início da epidemia inserimos no nosso planejamento um novo formato de encontros, as Assembleias Virtuais! 

A LCD conta com uma estrutura para assessorar Síndicos e Condôminos tanto de forma presencial, quanto online. Adaptamos e orientamos nossa equipe para utilizar as mais variadas ferramentas do mercado a favor dos nossos clientes, assim como a utilizar os aplicativos e site LCD para garantir uma comunicação efetiva.

Cuidados dentro de casa:

Mesmo com todas as ações que promovemos, é importante que você, morador de um Condomínio LCD, faça sua parte para manter a vizinhança segura e também se proteger de um possível contágio. Separamos algumas dicas que vão ajudar nessa tarefa: 

  1. Se puder, opte por usar as escadas ao invés de elevadores. O ambiente mais arejado e com menos circulação de pessoas é o ideal para evitar a contaminação.
  2. Ao transitar por qualquer espaço que não seja dentro do seu apartamento, utilize máscara. De preferência, a PFF2, que mostrou-se mais eficaz contra o vírus.
  3. Da mesma forma, sempre que voltar a sua residência depois de passar pelas outras áreas do Condomínio, é importante lavar as mãos ou passar álcool gel. 

Vale lembrar que com a grande quantidade de pessoas em home office, aumenta a convivência entre vizinhos. Sendo assim, mantenha-se atento para seguir corretamente os protocolos de boa convivência, como o horário de silêncio. Nas nossas redes sociais estamos sempre trazendo dicas para garantir o bem-estar entre vizinhos, aproveite para começar a nos acompanhar por lá também! 

Alguns apartamentos, inclusive, já foram planejados para acomodar a necessidade de trabalhar e descansar no mesmo lugar. Na reportagem de Marta Sfredo para o GauchaZH, a economista apresenta um conjunto de alto padrão com um “Espaço Live” integrado. 

O que você precisa para estar confortável e seguro, a LCD encontra e traz a melhor solução. Se você ainda tem dúvidas sobre os cuidados do Condomínio contra a Covid-19, entre em contato conosco. A LCD está ao seu lado em todos os momentos!

Evite as dores de cabeça – Saiba exatamente o que pode ser alterado na fachada do condomínio!

30 de março de 2021 Administração de Condomínios, Condomínios, Gestão de Condomínios, Gestão de Pessoas, Manutenção Predial, Segurança, Síndico Profissional, Síndicos

A fachada do condomínio é elemento essencial para a boa apresentação do mesmo. Ela é que muitas vezes chama a atenção de novos moradores e, para quem já o considera seu lar, é sempre importante que sua casa esteja em ordem por dentro e por fora. Sendo assim, quais são as regras para possíveis alterações? Descubra todos os detalhes neste texto cheio de informação e afaste de vez essa dor de cabeça!

  • Direto ao ponto: O que é proibido?
    Primeiramente, vamos deixar claro quais itens abrangem a fachada do condomínio, para que você os mantenha em mente durante toda a leitura:
    – Sacadas
    – Telas de proteção
    – Ares-condicionados
    – Grades
    – Antenas parabólicas

Configura-se como uma alteração qualquer artigo que mude o visual externo de todos os lados da edificação, não apenas aquele virado para rua, e por isso as normas sobre tal aparência e organização estão, habitualmente, previstas na convenção do condomínio. Não se trata apenas das cores, mas sim dos modelos e formatos. Por exemplo, as antenas parabólicas já tem um lugar pré-definido para serem instaladas sem atrapalhar a imagem dos prédios, e as telas de proteção e ares-condicionados tem um modelo padrão.

As sacadas e varandas muitas vezes também se tornam uma preocupação já que, para aumentar o espaço interno, proprietários e inquilinos optam por fechá-las com vidro, assim criando mais um “cômodo”. De acordo com o Código Civil, nenhuma mudança é permitida se não estiver prevista na convenção, mas o que muitos condomínios têm adotado é entrarem em acordo durante assembleia mantendo uma norma: definem um modelo de envidraçamento com vidros transparentes, assim, é quase como se a fachada não fosse alterada.

É preciso tomar cuidado até mesmo com o que está disposto dentro da varanda, o que a Convenção do seu condomínio diz sobre instalação de varais, objetos no parapeito, e obras de comodidade para esta parte interna? Se estes tópicos não estão previstos na norma, é melhor que se planeje um complemento na convenção para adicioná-los e assim evitar confusões e possíveis ações judiciais no futuro.

  • Áreas Comuns
    Apesar de as áreas comuns não fazerem parte da fachada do Condomínio, são áreas compartilhadas por todos os moradores e integram a aparência interna dos prédios. Por isso, modificar certas partes não depende da vontade de apenas um Condômino.
    Vamos a uma lista do que se configuram como itens da área comum:
    – Portas de entrada
    – Portas de depósito
    – Pintura do hall de entrada dos apartamentos
    – Portões que façam parte do projeto arquitetônico. Isso ocorre normalmente em edifícios antigos ou tidos como históricos. Em edifícios comuns, normalmente, a troca de portões não constitui alteração.

Em suma, apesar da manutenção ser custeada pelos moradores tais recolocações e trocas devem ser uma escolha coletiva. O objetivo é manter a uniformidade e padronização do ambiente.

  • Como aprovar e permitir mudanças?
    Qualquer alteração está passível a aprovação, desde que discutida em assembleia e/ou aprovada pela convenção. Sendo analisadas dentro de duas possibilidades: a de fazer uma mudança por motivos exclusivamente estéticos ou uma mudança útil para o condomínio.

A recomendação da LCD condomínios é não abrir exceções para as regras, deixá-las à disposição de todos e em caso de infração notificar o morador o mais rápido possível. O seu condomínio está tomando todas essas ações? Podemos administrar todas as minicidades para você!

Se você ainda tem algum detalhe para esclarecer, por favor, entre em contato conosco! A LCD quer estar ao seu lado para te ajudar em todos os momentos. Esse material foi útil no seu dia a dia? Coloque todas as suas dúvidas e sugestões nos comentários e em breve iremos lhe atender!

Caixas D’água Condominiais: Entenda a Importância da Limpeza e Manutenção

13 de novembro de 2020 Administração de Condomínios, Condomínios, Gestão de Condomínios, Manutenção Predial, Segurança

A manutenção de caixas d’água é sempre uma preocupação para o condomínio. A higienização precisa ser rigorosa e obrigatoriamente pelo menos uma vez ao ano. Felizmente, a LCD está aqui pra te ajudar! Além de administrarmos toda essa tarefa para você, trouxemos o assunto na íntegra: entenda a importância da limpeza das caixas d’água e o quê você precisa saber para garantir um serviço de qualidade. Confira!

Perigos da água contaminada

Água potável é sinônimo de saúde e vitalidade, entretanto, caso esteja contaminada de alguma forma, também pode ser sinônimo de doenças virais e bacterianas como diarreia, leptospirose e até hepatite em casos mais graves. Existem alguns motivos principais para disseminação desses germes no armazenamento de recursos hídricos condominiais e residenciais:

⇒ Os canos que transportam o fluido até o lugar de armazenamento são, muitas das vezes, antigos e enferrujados. Isso causa um acúmulo de microorganismos prejudiciais a saúde no fundo do recipiente, que com o tempo, pode chegar até torneiras e chuveiros.

⇒ Reservatórios mal fechados atraem animais que procuram por abrigo próximo de fontes limpas. Aves e insetos infectam a região com dejetos mas, os mosquitos também representam perigo para os moradores, visto que espécies transmissoras de dengue, chicungunha e zika se proliferam em água parada.

⇒ A chuva pode ser um fator de contaminação, já que, principalmente em grandes cidades, ela possui componentes muito ácidos para ingestão.

Algumas dicas para se manter longe desses problemas são:

● Manter a limpeza da caixa d’água em dia;
● Checar o fechamento das tampas depois de ventos fortes;
● Monitorar dentro dos reservatórios, mesmo antes do período de seis meses;
● Investigar frequentemente por rachaduras e fissuras.

Água Potável e o Covid-19
Neste período de pandemia a água é elemento essencial no combate ao Covid-19. Junto ao sabão ela tem a capacidade de tirar a camada de gordura que protege o vírus, consequentemente, inativando ou destruindo-o por completo.

Apesar de pesquisas de virologistas da Feevale comprovarem a existência de amostras do Sars-CoV-2 em estações de tratamento de esgoto de Porto Alegre, o Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) certifica de que não existe risco de contaminação através da água potável, já que ela passa por etapas de purificação e desinfecção, não apenas contra o Coronavírus, mas contra diversos tipos de doenças.

Regulamentação
O saneamento de caixas d’água condominiais de Porto Alegre é regulado através da Secretaria Municipal de Saúde. Acompanhe os detalhes:

⇒ Coordenadoria Geral de Segurança em Saúde (CGVS)
A CGVS faz parte da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre e é o órgão responsável pela qualidade da água no município. Além disso, define, entre diversas outras normas, a periodicidade da desinfecção bacteriológica em no mínimo uma vez ao ano, de acordo com a Lei Complementar 257 de 27 de Novembro de 1991.

Para garantir que os procedimentos de segurança e distribuição hídrica sejam seguidos corretamente, grande parte dos condomínios amparados pela LCD dão o intervalo máximo deste serviço de doze meses, seguindo todas as instruções da secretaria.

O DMAE, responsável pela distribuição da água, disponibiliza todas as instruções para realização da tarefa. Você pode conferir clicando AQUI. A organização também adverte para o cuidado na utilização de produtos químicos no processo, pois é preciso garantir que não tenham resquícios tóxicos no consumo após a limpeza.

Colabore com síndicos e zeladores e mantenha-se atento às vistorias necessárias no seu condomínio. A LCD pode definir o passo a passo dessa, e de diversas outras manutenções de segurança. Nossa equipe está preparada para te assistir desde a criação do plano de ação, até o orçamento do profissional mais capacitado e com o menor preço!

Nossas informações foram úteis para você? Deixe um comentário com suas dúvidas e sugestões! A equipe LCD Condomínios está sempre pronta para te atender!

Mudanças no comportamento Pós-Covid: busca por casas

28 de setembro de 2020 Administração de Condomínios, Casas, Condomínios, Condomínios fechados, Dicas, Espaço amplo, família, fique em casa, Home office, Segurança, Síndicos

A procura de casas estava aumentando há algum tempo no mercado imobiliário, mas a mudança na preferência dos consumidores em 2020 foi ainda maior. Com a pandemia do Covid-19, as pessoas foram obrigadas a irem para seus lares e permanecerem nele, durante muitos dias seguidos. O grande problema foi o espaço que parecia bom nos apartamentos, ter se tornado pequeno para tantas atividades do dia a dia. O home office também foi determinante para a busca de locais maiores: para realizar o trabalho em casa diariamente é necessário uma estrutura melhor, que os apartamentos pequenos não possuem.

Além do tamanho, muitos condomínios de apartamentos têm uma grande circulação de moradores, o que se tornou um empecilho para manter o distanciamento social mais efetivo. É normal cruzar com vizinhos e ficar preocupado, sem saber se eles estão tomando os mesmos cuidados com higiene e saúde que você.

Os brasileiros que mais buscam essa transição atualmente, possuem diversas faixas de renda, mas no geral, têm uma condição de vida melhor. E apesar de morarem em apartamentos com grande valor agregado, o investimento nas residências costuma ser maior, exigindo um complemento, mesmo com a venda do imóvel anterior.

Está satisfeito com a sua administradora? A LCD atende centenas de condomínios em Porto Alegre e região metropolitana, garantindo excelência e agilidade nos serviços.

Independente da localização, as casas se tornaram a primeira opção para a maioria das famílias gaúchas, com o perfil que citamos. Porém, devido a necessidade de distanciamento social, a vontade de ter um local mais afastado com contato com a natureza, tornou-se mais atrativo para viver. Muitas pessoas decidiram deixar a vida no centro da cidade para buscar um local mais tranquilo e menos civilizado.

Grande parte dos negócios aconteceram como permuta entre quem buscava um local menor, porque os filhos já haviam saído de casa, e quem tem filhos querendo ter um pátio ou uma área de lazer. Dessa forma, ambas as partes ficaram satisfeitas com as oportunidades. E aqueles imóveis que não eram procurados há muito tempo, também foram vendidos.

A procura não foi necessariamente apenas para compra, também foram fechados muitos contratos de aluguel em locais menos movimentados, principalmente nas serras. Tudo que tinha para ser alugado nessas regiões foi alugado. Quem optou em fazer dessa forma, escolheu passar o período mais afastado sem fazer uma mudança definitiva.

Além disso, os condomínios fechados de construções horizontais, ficaram em evidência entre as opções de imóveis. Eles oferecem maior comodidade e segurança aos moradores. A presença de lojas nesse tipo de condomínio também tornou-se importante, pois evita que as pessoas tenham que realizar grandes deslocamentos para fazer compras de determinados produtos. Porém, as áreas de lazer em comum deixaram de ser prioridade, muitas foram fechadas na pandemia, necessitando de agendamento para utilização, e dependendo da estrutura, não deram conta de atender a todos. Agora, a busca é mesmo por imóveis que já possuam espaço para essas atividades.

Podemos notar uma grande virada de chave para quem compra e para quem vende imóveis. A tendência agora é a venda de casas ou apartamentos maiores, como por exemplo, com terraço ou sacada, para garantir um ambiente maior. As construtoras também terão que se adaptar e fazer apartamentos pensando no novo perfil de consumidor. No momento, há uma grande urgência em fechar contrato devido a pandemia, mas essa pressa deve minimizar quando as coisas normalizarem. Ainda assim, é de se esperar que a procura por casas em cidades ou regiões próximas da capital continue crescendo nos próximos meses.

Está satisfeito com a sua administradora? A LCD Condomínios atende centenas de clientes em Porto Alegre e região metropolitana, garantindo excelência e agilidade nos serviços.

Coronavirus ( COVID-19 )

18 de março de 2020 Gestão de Pessoas, Saúde Ocupacional, Segurança

Estamos acompanhando todas as notícias sobre a pandemia e buscando prorrogar os prazos das assembleias já agendadas. A LCD está atenta e agindo com ainda mais cuidado e atenção às normas e recomendações dos profissionais da área da saúde. O informativo ilustrado desenvolvido pela OPAS OMS Brasil – PAHO WHO Brasil nos pareceu muito adequado e estamos divulgando em nossas redes sociais. O momento é de pensar nas pessoas! Por aqui, fazemos isso todos os dias!  Clique na imagem abaixo, e tenha acesso ao material!